domingo, 23 de maio de 2010

Untitled ;~

Ontem, vi algumas formigas carregando um gafanhoto pela parede.
Elas demoraram praticamente o dia todo para carregá-lo até o alto, e quando estavam conseguindo, ele caiu no chão.
Hoje de manhã, elas estavam na metade do caminho, quando ele novamente caiu, fazendo com que elas retomassem a difícil tarefa.
Confesso que fiquei admirada com o companheirismo das pequeninas. Mesmo caindo, e tendo que recomeçar a cada espaço de tempo, elas mantinham-se sempre unidas, e não desistiram. Até o final.
Sinto falta de algumas "pessoas-formigas" em minha vida.

Amizade e trabalho em equipe existem. Acredite.

sábado, 8 de maio de 2010

Pensamentos de Sábado À Noite...


Minha vida não se resume a isso, mas, toda vez que eu me lembro de que estou sozinha... Bem, isso me incomoda um pouco.
Não que eu espere, e sonhe todas as noites com um príncipe encantado, que vai aparecer em minha vida com o seu lindo "Lamborghini Reinvention", olhos verdes e cabelo louro (até porque, nesse caso, ele seria gay ;D). O que eu espero mesmo, é alguém que seja capaz de cativar meu coração, sem eu ter que me esforçar para gostar dele.
Não é nem o lado "carnal" das coisas. O que eu sinto falta mesmo é de ter alguém para... Dividir. Dividir alegrias, tristezas, noites juntos. Alguém para falar bobagem e para me fazer rir, quando tudo parecer sem graça. Alguém que, quando eu pensar que tudo está perdido, me mostre que, se eu desistir sempre, nunca chegarei em lugar algum. Que, mesmo se tudo desse errado, tivesse coragem de recomeçar, quantas vezes fossem necessárias.
Sinto falta de alguém que não tente ser perfeito. Alguém que admita que tem erros, que conviva com as diferenças, e ria dos seus próprios tombos.
E eu fico procurando essa pessoa em todos os lugares. Digo, lugares comuns, já que eu não sou alguém que sai para se divertir com frequência.
Já é automático ficar olhando, procurando, analisando as pessoas...
Procuro no ônibus, na rua, na padaria, no caminho para a faculdade.
Mas até ontem, não havia encontrado ninguém. "E é bem provável que eu não encontre alguém hoje. Talvez eu não encontre alguém nunca.

De repente, eu que vou ser encontrada.

E em vez de me preocupar tanto em olhar em volta, eu deveria aprender a fechar os olhos e, pelo menos uma vez, deixar que me procurem."

- Se alguém for esperto, vai me encontrar. ;~



Inspiranção e Créditos: Adorável Psicose