quarta-feira, 16 de junho de 2010

Verdades - Parte I

"Minha vontade de excelência não pode superar minha capacidade de realização."


De nada adianta minha vontade de crescer, atingir objetivos supremos, se tudo isso está além de minha capacidade de realizá-los, além das reais possibilidades que tenho para fazer com que as coisas aconteçam da maneira que espero.
Para cada conquista, há um tempo certo, e eu deveria, realmente, me acostumar a isso. O problema é que simplesmente não consigo. Não consigo deixar de criar expectativas, não consigo não me entusiasmar a cada conquista... Não consigo deixar de, cada vez mais, aumentar minha "vontade de excelência" e tentar passar por cima da minha limitada "capacidade de realização".
Minha vontade de trabalhar e obter créditos está maior do que nunca. Quanto mais coisas eu faço, mais coisas quero fazer, mais quero conquistar, realizar, transformar... É como se eu fosse o mundo, cheio de pessoas, culturas e possibilidades.

O que acontecer agora em minha vida, depende de mim, e de mais ninguém. Posso fazer as escolhas certas ou não.
Talvez eu caia e quebre o queixo (figurativamente falando). 
Talvez minha inesgotável "vontade de excelência" continue me dando forças, até que todas os planos estejam realizados. Mas isso nunca acontecerá. Só se deixa de ter sonhos quando se está morto. Depois da sua maior conquista, sempre vem uma outra, melhor, mais bonita e entusiasmante ainda, que te faz analisar novamente as possibilidades, e lutar para que tudo saia do jeito esperado.

Só se tem sucesso depois de lutar muito, e quanto mais saboroso o fruto da vitória, mais difícil será colhe-lo. Mas tenho certeza de que nenhum esforço para alcançar os meus frutos será perdido, nem mesmo os espinhos e as lagartas que cruzarão meu caminho.



2 comentários:

  1. Muito bonito, adorei você acaba de fazer com que eu crie gosto por blog , adorei de verdade muito bom o post continue assim !!!

    ResponderExcluir
  2. Continue tendo certeza de que nenhum esforço para alcançar seus frutos serão perdidos, porque por mais que apareça espinhos e lagartas no seu caminho..Lembre-se: VOCÊ TEM FOMIGAS! *-*

    ResponderExcluir